Cães não têm enfarte, mas existem várias causas que podem parar seu coração. Um golpe no peito por causa de uma queda ou por um acidente de carro, temperaturas extremas como insolação, asfixia por afogamento ou choque, e mesmo doenças como verme do coração, provocam parada cardíaca. Cães param de respirar antes de ocorrer parada cardíaca e suas gengivas podem ficar descoradas ou azuladas. Eles perderão a consciência completamente, sem sinal de vida. Você precisa recorrer imediatamente à ressuscitação cardiopulmonar, para que o coração e a respiração recomecem, e procurar socorro médico o quanto antes. Muitas vezes, a ressuscitação cardiopulmonar não tem muito sucesso sem um equipamento veterinário adequado, mas, pelo menos o pronto atendimento dará ao animal uma chance.

 

Material médico necessário

[list type=”tick”]Cobertor  [/list]

[list type=”tick”]Karo ou mel[/list]

[list type=”tick”]Travesseiro pequeno ou cobertor[/list]

[list type=”tick”]Agulha ou alfinete de segurança[/list]

[list type=”tick”]Alicate pequeno ou pinça[/list]

 

Faça isto já

Procure a pulsação. Verifique se o coração do seu animal parou, tomando sua pulsação. Você não vai conseguir senti-la na artéria carótida, localizada no pescoço como se faz com pessoas. Em vez disso, pressione a ponta de um dos seus dedos indicador, médio e anular, na dobra onde a parte interna da coxa se junta ao corpo, e procure a pulsação na artéria femoral, que é muito grande e fica próxima à superfície. Se não conseguir sentir a pulsação, coloque seu ouvido, ou a palma da sua mão no lado esquerdo do seu animal, exatamente atrás do cotovelo, e ouça ou sinta o batimento.

[list type=”tick”]Cheque seus reflexos. Às vezes, pode ser difícil  encontrar a pulsação, portanto cheque sua prontidão.[/list]

[list type=”tick”]Chame pelo nome e espere uma resposta até mesmo um mexer de orelha ou rabo.[/list]

[list type=”tick”]Puxe delicadamente sua pata, para ver se ele puxa de volta.[/list]

[list type=”tick”]Olhe seus olhos, enquanto belisca firme entre seus dedos; se ele estiver ao menos parcialmente consciente, ele pescará.[/list]

[list type=”tick”]Dê uma pancadinha no canto interno de sua pálpebra, para provocar uma piscada como reflexo.[/list]

 

A ausência de resposta significa que ele está consciente. Se ele estiver inconsciente, mas respirando, e seu coração estiver batendo, continue a monitorar sinais de parada cardíaca. Controle qualquer sangramento a caminho da clínica e proteja-o contra choques, embrulhando-o com cobertor. Caso você tenha disponível, coloque uma ou duas gotas de Karo ou de mel em suas gengivas. Isso vai ajudar a elevar a sua taxa de açúcar no sangue, caso a razão de sua inconsciência seja a baixa taxa de açúcar.

Se o coração se seu animal estiver parado, comece a respiração artificial e depois faça compressões no peito. Para isso, você precisará do auxílio de outra pessoa para que esta respire por seu animal. Esta deve, com uma das mãos tampar a boca do animal de modo que não vaze ar e com a outra segurar a cabeça para que possa assoprar levemente e rapidamente (15 a 20 vezes) até que os pulmões encham-se de ar. Lembre-se de que, no caso de um cão pequeno (até 10kg), os pulmões são pequenos e por isso a quantidade de ar deve ser limitada para que não se rompam os pulmões. A outra pessoa fará a compressão em cima do coração do cão. Pressione 80 vezes por minuto até que o coração torne a bater. Essa técnica fará pressionar os vasos sanguíneos que se encontram dentro da caixa torácica fazendo com o que o coração receba a pressão dos vasos sanguíneos e assim bater novamente.  Caso o coração recomece a bater, controle o sangramento, trate do choque e vá ao veterinário.

Caso a tentativa tenha sido em vão, tente com acupuntura. Coloque uma agulha ou um alfinete de segurança diretamente no meio da fenda que fica no lábio superior do seu animal, embaixo do nariz. Coloque-a até o osso e mexa-a para frente e para trás, de modo que estimula a liberação de adrenalina (epinefrina), uma substância química natural usada pelos veterinários para impulsionar o coração.