Assim como as pessoas, os cães também se asfixiam quando algo tranca em sua garganta ou traqueia. Eles se engasgam, têm ânsia de vômito e tossem, tentando expelir o objeto e, podem ficar desesperados quando não o conseguem. A asfixia pode rapidamente se tornar perigosa quando o objeto preso corta o suprimento de ar. Até mesmo um bloqueio parcial pode fazer com que um animal desmaie, e, se algo grudar em sua garganta como a rolha de uma garrafa, ele pode se sufocar, caso não tenha um pronto atendimento.

 

 

Material médico necessário

  • Pano seco limpo
  • Pinça hemostática
  • Alicate de bico fino ou pinças com pontas rombudas
  • Toalha
  • Transportador de animais

Tente tirar rapidamente o objeto. Se seu animal não conseguir forçar a passagem do ar pelo objeto, ele vai desmaiar e morrerá em minutos. Você não terá tempo para esperar socorro médico ou para amordaçá-lo.

Faça uma tentativa rápida de retirar o objeto. Primeiramente, puxe a língua de seu animal para fora, para liberar a passagem de ar – use um pano para segurá-la – depois alcance o objeto e puxe-o. Bolas são difíceis de agarrar, mas uma tenaz no formato de uma colher pode funcionar. Se você não conseguir pegar o objeto em uma ou duas tentativas, use a manobra de Heimlich – Consiste fazer movimento de pressão sobre a barriga do cão de modo que ele cuspa fora o objeto entalado fora. Para realizá-lo, pegue seu animal (essa manobra só vale para animais de até 10 kg), coloque as costas dele contra seu peito de modo que você irá pressionar o estômago dele e ele expulse o objeto. O animal deve ficar com a cabeça embaixo do seu queixo e esticado.

Se você conseguir enxergar o objeto e seu animal deixar, use uma pinça hemostática, pinça com pontas rombudas ou alicate de ponta fina para agarrar o objeto e trazê-lo para fora. Tente uma ou duas vezes, mas não se empenhe ou o esforço poderá piorar a respiração até que o animal entre em colapso. Enquanto der para ouvir algum ruído de que ele está respirando, você ainda tem tempo para salva-lo.

Um animal neste estado pode entrar em desespero e morder. Para isso, você terá que imobilizar seu animal com a ajuda de outra pessoa. O correto é embrulhar o animal para conter suas patas bambas, ou presas. Assim você terá mais tranquilidade para retirar o objeto de dentro do animal.

Importante!

O animal, caso você não conheça a sua procedência, pode possuir o vírus da raiva que é transmitido pela saliva do animal. O vírus age no sistema neurológico, de modo que quando o animal está engasgado, o vírus pode dificultar ainda mais o ­processo e o animal, por consequência, morder a pessoa que está tentando salvá-lo. Todo o cuidado é fundamental na hora de manipular e salvar a vida do animal.

468 ad